Facebook Twitter YouTube

CUT SE > LISTAR NOTÍCIAS > AGÊNCIA DE NOTÍCIAS > JORNALISTAS DO CORREIO DE SERGIPE AMEAÇAM PARAR POR FALTA DE PAGAMENTO DE SALÁRIOS

Jornalistas do Correio de Sergipe ameaçam parar por falta de pagamento de salários

20/02/2017

Escrito por: SINDIJOR

 

Os membros da diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (SINDIJOR-SE), Edmilson Brito, Milton Alves Júnior e Guilherme Fraga, estiveram reunidos, na tarde da quinta-feira (16), com os jornalistas do Correio de Sergipe que estão com os salários atrasados.

Na reunião, ficou definido que se o pagamento não for efetivado até a segunda-feira (20), os jornalistas irão paralisar as atividades. A maioria dos colegas já se encontra com dificuldades para chegar ao local de trabalho devido à falta de dinheiro. Outro problema é que o retroativo referente ao percentual de atualização salarial, confirmado pela Convenção Coletiva, ainda não foi pago.

“Compreendemos, até certo ponto, o momento de crise em que o país atravessa, mas é preciso que a empresa também reconheça que quem trabalha precisa receber seu salário para a própria subsistência”, declarou o vice-presidente do SINDIJOR, Edmilson Brito, na conversa com o Diretor Executivo do jornal, Augusto Júnior.

Os diretores do SINDIJOR, Guilherme Fraga e Milton Alves Júnior foram contundentes em dizer ao representante da empresa que a paciência dos colegas jornalistas que trabalham no Correio já está esgotada, pois eles veem há muito tempo trabalhando com salários defasados e com a falta de estrutura para o desenvolvimento de suas ações, mesmo assim exercem suas atividades com zelo e dedicação.

“É um absurdo trabalhar sem receber os seus salários, pois é o mínimo que uma empresa deve oferecer aos seus empregados”, afirmou Guilherme Fraga, que recebeu o apoio de Milton Alves. “Os colegas veem sendo muito tolerantes com a empresa, mas tuto tem um limite”, afirmou Milton.

Após o encontro com os colegas jornalistas, os representantes do SINDIJOR estiveram reunidos com o diretor do Correio de Sergipe, Augusto Júnior, para demonstrar a insatisfação dos jornalistas e informar sobre a decisão da paralisação, caso o problema não seja resolvido.

O diretor confirmou que a empresa está trabalhando para fazer o pagamento até o prazo estipulado e que a folha de pagamento já foi atualizada com o retroativo.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista

#AnulaReforma

RÁDIO CUT

Copyright © 2002-2012 CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.438 - Entidades Filiadas | 7.464.846 - Sócios | 22.034.145 - Representados
Rua Porto da Folha, nº 1039 – Bairro Cirurgia – CEP: 49055 540 – Aracaju/SE | Tel.: (79) 3214-4912 – Fax: (79) 3222-7218