Facebook Twitter YouTube

CUT SE > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > COLETIVA DE IMPRENSA ABORDARÁ A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL E A SITUAÇÃO DA CAPITALIZAÇÃO DO SERGIPE PREVIDÊNCIA

Coletiva de Imprensa abordará a Lei de Responsabilidade Fiscal e a situação da Capitalização do Sergipe Previdência

04/03/2018

Escrito por: Iracema Corso

 
Fustigados pela afirmação do Governo de Sergipe de que o Estado encontra-se acima do Limite Prudencial, os servidores públicos estaduais convidam todos os veículos de comunicação da mídia sergipana para uma Coletiva de Imprensa que acontecerá na próxima quarta-feira, dia 7/3, a partir das 7h da manhã, na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE). O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio Econômico (Dieese), representantes das Centrais Sindicais e o Sindifisco vão debater a Lei de Responsabilidade Fiscal e a situação da Capitalização do Sergipe Previdência. 

 
Há cinco anos sem qualquer reajuste salarial, catorze categorias de servidores públicos estaduais unificaram a luta por transparência nas contas do governo, valorização e pagamento do salário dentro do mês para servidores da ativa e aposentados. Em fevereiro a luta se intensificou e no dia 19/2 a Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE), CTB e Nova Central, o SINTESE (professores), o SINDASSE (Assistentes Sociais), o SINDINUTRISE (Nutricionistas), o SINPSI (Psicólogos), SINDIJOR (Jornalistas), SINDIJUS (Judiciário), GRUPO ATITUDE (Trabalhadores da Saúde), SINDIFISCO (Auditores), SINTRASE (Servidores), SINTER, SINTASA (Saúde), SINPOL (Policiais), SENGE (Engenheiros), o Sindicato dos Enfermeiros construíram em Sergipe um dia de greve e protestos. Em todo o Brasil, o movimento sindical protestou contra a Reforma da Previdência (que acabou sendo retirada da pauta do Congresso por pressão da luta dos trabalhadores), mas em Sergipe o protesto também se voltou contra o Governo Jackson. 
 
 
Secretário de Formação da CUT/SE e vice presidente do SINTESE, Roberto Silva avaliou que não é por falta de recurso que Jackson virou as costas para o servidor. “O problema não é dinheiro, a arrecadação está aumentando mês a mês. O governo alega crise, mas a arrecadação do estado aumentou, enquanto isso os servidores amargam congelamento, atrasos e parcelamento dos salários. Por isso cobramos transparência do Governo do Estado".
  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

Copyright © 2002-2012 CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.438 - Entidades Filiadas | 7.464.846 - Sócios | 22.034.145 - Representados
Rua Porto da Folha, nº 1039 – Bairro Cirurgia – CEP: 49055 540 – Aracaju/SE | Tel.: (79) 3214-4912 – Fax: (79) 3222-7218