Facebook Twitter YouTube

CUT SE > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > SERVIDORES PÚBLICOS ESTADUAIS REALIZAM BOTA-FORA DE JACKSON BARRETO

Servidores públicos estaduais realizam Bota-Fora de Jackson Barreto

02/04/2018

Na próxima sexta, dia 06, a partir das 8h no Palácio de Despachos os servidores públicos estaduais realizam o Bota-Fora de Jackson Barreto.

Escrito por: Ascom CUT/SE

Na próxima sexta, dia 06, a partir das 8h no Palácio de Despachos os servidores públicos estaduais realizam o Bota-Fora de Jackson Barreto.

Massacre, desvalorização, extermínio de direitos, atraso, parcelamento, congelamento de salários estas são as marcas do governo Jackson Barreto para o funcionário publico estadual.

A retirada de direitos começou com a retirada dos adicionais do terço e de nível universitário e continua com a política de parcelamento do décimo terceiro. Historicamente os servidores públicos recebiam a primeira parcela da gratificação natalina (o 13º salário) no mês de aniversário, mas em 2018, isso não ocorrerá, segundo o governo todos terão o décimo terceiro pago de uma só vez em dezembro.

Na administração geral os servidores públicos estaduais estão sem reposição salarial desde 2012, com isso os salários vão perdendo poder aquisitivo a cada ano. Atualmente, mais de três mil funcionários públicos estaduais recebem menos que um salário mínimo.

Para o magistério o não cumprimento da lei do piso (os reajustes não repercutem na carreira) faz com que os professores estejam (dados de abril de 2017) 65% mais pobres.

O argumento do governo para não fazer a reposição salarial é a falta de recursos, mas o ano de 2018 mostra que o movimento sindical tem razão. As diversas inaugurações e assinaturas de ordens serviço têm mostrado que não é falta de dinheiro, mas sim que o governo prioriza as obras e não o pagamento dos servidores.

Estabilidade

Outra situação que afeta, desta vez, os trabalhadores e trabalhadoras da Saúde tem a ver com a Fundação Hospitalar de Saúde - FHS. Os sindicatos exigem uma solução para as mais de sete mil com vínculo empregatício fundação.

A instabilidade começou quando o Ministério Público Federal de Sergipe entrou com ação civil pública questionando o contrato do Governo do Estado com a Fundação Hospitalar de Saúde.

Desde então os sindicatos que representam os trabalhadores e trabalhadoras da Saúde têm buscado uma solução junto ao Governo do Estado e até o momento a única proposta apresentada é que todos que estão vinculados a Fundação Hospitalar de Saúde serão cedidos a Secretaria de Estado da Saúde - SES.

Tal “solução” não agrada aos trabalhadores. A proposta é que todos se tornem estatutários da SES e que novo concurso seja realizado, pois com o fim do contrato milhares de vagas (que hoje são ocupadas por contratos temporários) serão abertas.

Arrecadação ineficiente

Outra denúncia do movimento sindical diz respeito a proposital incapacidade do governo de cobrar dos devedores e oferecer condições de fiscalização. O Sindicato do Fisco de Sergipe – Sindifisco denuncia a precariedade no trabalho dos auditores fiscais e os constantes refinanciamentos propiciados pelo governo aos grandes devedores. A dívida ativa do Estado ultrapassa a casa dos R$2 bilhões e a Secretaria da Fazenda não busca cobrá-la de quem realmente deve.

“Jackson Barreto foi o pior governador para o funcionalismo público em toda a história de Sergipe, por isso vamos fazer um bota-fora para que ele não volte nunca mais. Vamos até levar um pijama de presente.”, disse o presidente da CUT/SE, prof. Rubens Marques.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

Copyright © 2002-2012 CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.438 - Entidades Filiadas | 7.464.846 - Sócios | 22.034.145 - Representados
Rua Porto da Folha, nº 1039 – Bairro Cirurgia – CEP: 49055 540 – Aracaju/SE | Tel.: (79) 3214-4912 – Fax: (79) 3222-7218